segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Palestra de atualização orienta profissionais de saúde sobre aleitamento materno


Pelo menos 300 profissionais de saúde, entre enfermeiros, médicos e auxiliares de enfermagem são esperados nesta terça-feira (3/8) para a palestra de atualização em aleitamento materno e redução de mortalidade infantil, que será realizada a partir das 19h30, na Sociedade de Medicina e Cirurgia de Rio Preto. O evento faz parte da programação da XII Semana de Aleitamento Materno de São José do Rio Preto, promovida pela Secretaria de Saúde em parceria com o Fundo Social de Solidariedade, Banco de Leite Humano, Unimed, Rotary Club Novo Cinquentenário, Senac, Hospital de Base e Ben-Saúde, entre outros parceiros. Segundo a gerente do Banco de Leite Humano, Silvana Aparecida Alves, serão oferecidas 300 vagas, das quais 240 já estão preenchidas. A entrada é gratuita. Nos dias 4 e 5 de agosto, quarta e quinta-feira respectivamente, a mobilização ocorre nas 25 Unidades de Saúde do município, que vão orientar a população, por meio de palestras em sala de espera, sobre aleitamento materno e como deve ser a amamentação do bebê. O encerramento da Semana será no dia 6 de agosto, sexta-feira, com homenagem às mães do município, bem como às doadoras do Banco de Leite, com a presença da presidente do Fundo Social de Solidariedade, primeira-dama Eliana Lopes. Simultaneamente à Semana de Aleitamento, ocorre a mostra fotográfica AMAmentaR, alimentar com amor, com fotos da fotógrafa rio-pretense Gisele Spiewak, na Praça II de Eventos do Riopreto Shopping Center. A exposição, que tem entrada gratuita, vai até 15 de agosto. Em Rio Preto, o índice de aleitamento materno exclusivo até o sexto mês de vida da criança dobrou nos últimos 10 anos, segundo a Pesquisa de Avaliação de Práticas Alimentares no Primeiro Ano de Vida, coordenada pelo projeto Amamentação e Municípios. Em 2001, 18,1% das crianças até um ano de vida haviam sido amamentadas exclusivamente com leite materno até o sexto mês de vida. Em 2009, quando foi realizada a pesquisa que acontece a cada dois anos, o índice saltou para 36%. O crescimento do número de mães que amamentam os filhos com leite materno exclusivamente até o sexto mês de vida está ligado à queda na redução da mortalidade infantil no município. No ano passado, Rio Preto teve o menor índice de mortalidade da história, 8,49.

PROGRAMAÇÃO
XII Semana do Aleitamento Materno
de São José do Rio Preto 2010

Até 15/8/2010
Mostra fotográfica AMAmentaR – Fotógrafa Gisele Spiewak
Local: Praça II de Eventos do Riopreto Shopping Center
Horário: Durante funcionamento do shopping

3/8/2010
Palestra de Atualização em Aleitamento Materno e
Importância na Redução da Mortalidade Infantil
Local: Sociedade de Medicina, Alameda Oscar Barros
Serra Dória, 5.661 – Jardim Panorama
Horário: 19h30

4/8/2010 e 5/8/2010
Mobilização nos bairros e Unidades de Saúde
para sensibilização ao Aleitamento Materno

6/8/2010
Encerramento: Homenagem às mães do município em
aleitamento e doadoras do Banco de Leite Humano
Local: Auditório do Senac, rua Jorge Tibiriçá, 3.518 – Santa Cruz
Horário: 14h às 17h

Um comentário:

Ministério da Saúde disse...

Olá blogueiro,

Dê ao seu filho o que há de melhor. Amamente!

Quando uma mulher fica grávida, ela e todos que estão à sua volta devem se preparar pra oferecer o que há de melhor para o bebê: o leite materno.

O leite materno é o único alimento que o bebê precisa, até os seis meses. Só depois se deve começar a variar a alimentação.

A amamentação pode durar até os dois anos ou mais.



Caso se interesse na divulgação de materiais e informações sobre esse tema, entre em contato com comunicacao@saude.gov.br

Obrigado pela colaboração!

Ministério da Saúde